13 maio 2011

Carta de um Nobel da Paz à Barack Obama – De Nobel a Nobel (Não deixe de ler!)

Adolfo Pérez Esquivel

“Outro mundo é possível”

 

Esta é a carta que talvez milhares de pessoas no mundo, desejariam ter escrito e enviado ao Presidente americano Barack Obama:

Estimado Barack,

ao dirigir-te esta carta o faço fraternalmente para, ao mesmo tempo, expressar-te a preocupação e indignação de ver como a destruição e a morte semeada em vários países, em nome da “liberdade e da democracia”, duas palavras prostituídas e esvaziadas de conteúdo, termina justificando o assassinato e é festejada como se tratasse de um acontecimento desportivo.

Indignação pela atitude de setores da população dos Estados Unidos, de chefes de Estado europeus e de outros países que saíram a apoiar o assassinato de Bin Laden, ordenado por teu governo e tua complacência em nome de uma suposta justiça. Não procuraram detê-lo e julgá-lo pelos crimes supostamente cometidos, o que gera maior dúvida: o objetivo foi assassiná-lo

Os mortos não falam e o medo do justiçado, que poderia dizer coisas inconvenientes para os EUA, resultou no assassinato e na tentativa de assegurar que “morto o cão, terminou a raiva”, sem levar em conta que não fazem outra coisa que incrementá-la.

 

Quando te outorgaram o Prêmio Nobel da Paz, do qual somos depositários, te enviei uma carta que dizia: “Barack, me surpreendeu muito que tenham te outorgado o Nobel da Paz, mas agora que o recebeu deve colocá-lo a serviço da paz entre os povos; tens toda a possibilidade de fazê-lo, de terminar as guerras e começar a reverter a situação que viveu teu país e o mundo”.

No entanto, ao invés disso, você incrementou o ódio e traiu os princípios assumidos na campanha eleitoral frente ao teu povo, como terminar com as guerras no Afeganistão e no Iraque e fechar as prisões em Guantánamo e Abu Graib no Iraque. Não fez nada disso. Pelo contrário, decidiu começar outra guerra contra a Líbia, apoiada pela OTAN e por uma vergonhosa resolução das Nações Unidas. Esse alto organismo, apequenado e sem pensamento próprio, perdeu o rumo e está submetido às veleidades e interesses das potências dominantes.

 

A base fundacional da ONU é a defesa e promoção da paz e da dignidade entre os povos. Seu preâmbulo diz: “Nós os povos do mundo...”, hoje ausentes deste alto organismo.
Quero recordar um místico e mestre que tem uma grande influência em minha vida, o monge trapense da Abadia de Getsemani, em Kentucky, Tomás Merton, que diz: “a maior necessidade de nosso tempo é limpar a enorme massa de lixo mental e emocional que entope nossas mentes e converte toda vida política e social em uma enfermidade de massas. Sem essa limpeza doméstica não podemos começar a ver. E se não vemos não podemos pensar”.

Você era muito jovem, Barack, durante a guerra do Vietnã e talvez não lembre a luta do povo norte-americano para opor-se à guerra. Os mortos, feridos e mutilados no Vietnã até o dia de hoje sofrem as consequências dessa guerra.

Tomás Merton dizia, frente a um carimbo do Correio que acabava de chegar, “The U.S. Army, key to Peace” (O Exército dos EUA, chave da paz): “Nenhum exército é chave da paz. Nenhuma nação tem a chave de nada que não seja a guerra. O poder não tem nada a ver com paz. Quanto mais os homens aumentam o poder militar, mais violam e destroem a paz”.

Acompanhei e compartilhei com os veteranos da guerra do Vietnã, em particular Brian Wilson e seus companheiros que foram vítimas dessa guerra e de todas as guerras.

A vida tem esse não sei o quê do imprevisto e surpreendente fragrância e beleza que Deus nos deu para toda a humanidade e que devemos proteger para deixar às gerações futuras uma vida mais justa e fraterna, reestabelecendo o equilíbrio com a Mãe Terra.

Se não reagirmos para mudar a situação atual de soberba suicida que está arrastando os povos a abismos profundos onde morre a esperança, será difícil sair e ver a luz; a humanidade merece um destino melhor. Você sabe que a esperança é como o lótus que cresce no barro e floresce em todo seu esplendor mostrando sua beleza.
Leopoldo Marechal, esse grande escritor argentino, dizia que: “do labirinto, se sai por cima”.

E creio, Barack, que depois de seguir tua rota errando caminhos, você se encontra em um labirinto sem poder encontrar a saída e te enterra cada vez mais na violência, na incerteza, devorado pelo poder da dominação, arrastado pelas grandes corporações, pelo complexo industrial militar, e acredita ter todo o poder e que o mundo está aos pés dos EUA porque impõem a força das armas e invade países com total impunidade. É uma realidade dolorosa, mas também existe a resistência dos povos que não claudicam frente aos poderosos.

As atrocidades cometidas por teu país no mundo são tão grandes que dariam assunto para muita conversa. Isso é um desafio para os historiadores que deverão investigar e saber dos comportamentos, políticas, grandezas e mesquinharias que levaram os EUA à monocultura das mentes que não permite ver outras realidades.

 

O Bin Laden, suposto autor ideológico do ataque às torres gêmeas, o identificam como o Satã encarnado que aterrorizava o mundo e a propaganda do teu governo o apontava como “o eixo do mal”. Isso serviu de pretexto para declarar as guerras desejadas que o complexo industrial militar necessitava para vender seus produtos de morte.

Você sabe que investigadores do trágico 11 de setembro assinalam que o atentado teve muito de “auto golpe”, como o avião contra o Pentágono e o esvaziamento prévios de escritórios das torres; atentado que deu motivo para desatar a guerra contra o Iraque e o Afeganistão, argumentando com a mentira e a soberba do poder que estão fazendo isso para salvar o povo, em nome da “liberdade e defesa da democracia”, com o cinismo de dizer que a morte de mulheres e crianças são “danos colaterais”. Vivi isso no Iraque, em Bagdá, com os bombardeios na cidade, no hospital pediátrico e no refúgio de crianças que foram vítimas desses “danos colaterais”.

A palavra é esvaziada de valores e conteúdo, razão pela qual chamas o assassinato de “morte” e que, por fim, os EUA “mataram” Bin Laden.

Não trato de justificá-lo sob nenhum conceito, sou contra todas as formas de terrorismo, desde a praticada por esses grupos armados até o terrorismo de Estado que o teu país exerce em diversas partes do mundo apoiando ditadores, impondo bases militares e intervenção armada, exercendo a violência para manter-se pelo terror no eixo do poder mundial.

Há um só eixo do mal? Como o chamarias?

Será que é por esse motivo que o povo dos EUA vive com tanto medo de represálias daqueles que chamam de “eixo do mal”? É simplismo e hipocrisia querer justificar o injustificável.

 

A Paz é uma dinâmica de vida nas relações entre as pessoas e os povos; é um desafio à consciência da humanidade, seu caminho é trabalhoso, cotidiano e portador de esperança, onde os povos são construtores de sua própria vida e de sua própria história. A Paz não é dada de presente, ela se constrói e isso é o que te falta meu caro, coragem para assumir a responsabilidade histórica com teu povo e a humanidade.

Não podes viver no labirinto do medo e da dominação daqueles que governam os EUA, desconhecendo os tratados internacionais, os pactos e protocolos, de governos que assinam, mas não ratificam nada e não cumprem nenhum dos acordos, mas pretendem falar em nome da liberdade e do direito.

Como pode falar de Paz se não quer assumir nenhum compromisso, a não ser com os interesses de teu país?

Como pode falar da liberdade quanto tem na prisão pessoas inocentes em Guantánamo, nos EUA e nas prisões do Iraque, como a de Abu Graib e do Afeganistão?

Como pode falar de direitos humanos e da dignidade dos povos quando viola ambos permanentemente e bloqueia quem não compartilha tua ideologia, obrigando-o a suportar teus abusos?
Como pode enviar forças militares ao Haiti, depois do terremoto devastador, e não ajuda humanitária a esse povo sofrido?


Como pode falar de liberdade quando massacra povos no Oriente Médio e propaga guerras e tortura, em conflitos intermináveis que sangram palestinos e israelenses?

Barack, olha para cima de teu labirinto e poderá encontrar a estrela para te guiar, ainda que saiba que nunca poderá alcançá-la, como bem diz Eduardo Galeano. Busca a coerência entre o que diz e faz, essa é a única forma de não perder o rumo. É um desafio da vida.

O Nobel da Paz é um instrumento ao serviço dos povos, nunca para a vaidade pessoal.

Te desejo muita força e esperança e esperamos que tenha a coragem de corrigir o caminho e encontrar a sabedoria da Paz.


Adolfo Pérez Esquivel  -  Nobel da Paz 1980
Buenos Aires, 5 de maio de 2011

 

Antes de mais nada, quero agradecer mais uma vez a querida leitora e amiga Cristina Francez, pelo envio desta carta por email.

Vamos falar um pouco sobre algo polêmico. Respeito a opinião de todos os leitores, mesmo as contrárias, mas aqui vou compartilhar o que penso a respeito.

Quero dizer meus queridos, que me solidarizo com todos aqueles que vivenciaram o terror do 11 de Setembro de 2001.

Sei que por mais que eu tentasse imaginar, jamais conseguiria fazer uma idéia do que sofreram todos os envolvidos, sejam os que perderam suas vidas, como seus familiares que aqui ficaram…

Sou totalmente “pró” Paz e não acredito em nem uma forma de violência como forma de se ‘conquistar’ a Paz no Mundo.

Acreditem meus amigos, … isso nunca irá acontecer desta forma. A Paz na Terra jamais será instaurada no planeta, por meio de violência, vingança, retaliações, etc.

A mim, tanto é terrorista quem cometeu os crimes como Osama Bin Laden, como é tão terrorista também, quanto ‘quem ordena’ ações como a que ‘supostamente’ o matou diante de seus filhos (uma delas, uma criança de 12 anos) e feriu uma mulher.

Crime é crime, independente de quem o cometeu. (Até porque meus queridos, quem tem um mínimo de esclarecimento espiritual, bem sabe que não é porque alguém desencarna aqui neste plano, que deixará de existir. Muito ao contrário. Aliás há aqueles seres espirituais que praticam o que chamamos de ‘mal’, mesmo em outras dimensões e planos. Logo matar alguém, não significa necessariamente acabar com o ‘mal’!)

Continuando,… acredito na máxima defendida pelo ativista político Martin Luther King (do qual sou fã e eterna admiradora) onde ele dizia que esperava pelo dia em que fossemos julgados não pela cor de nossa pele (e eu incluo: nação, sexo, opção sexual, posição social, crenças, opção religiosa, …), mas sim por nossas ações e por nosso caráter. Isso sim.

Aliás, até mesmo o ditador e tirano Saddam Hussein foi capturado e julgado por seus atos (pelas ‘leis dos homens’), antes de morrer.

Porém, é ilusão acreditarmos que ‘festejos e comemorações’ pela morte de alguém (ainda que no caso, do terrorista mais procurado do mundo), venha trazer alívio a alguém e muito menos, a Paz no Mundo.

Ao contrário: retaliações e vinganças, podem estar à caminho da “América”.

Aliás, o primeiro país do planeta onde a origem de sua renda, a maior parte seja proveniente da indústria bélica (que financia a guerra no mundo), é um ‘pouco’ incoerente, bater no peito e dizer “Deus salve a América”, não é?!!

O que quero dizer meus amigos, é que despertemos todos e definitivamente não ‘compremos’ mais, as versões impostas pela mídia / imprensa coorporativas e por líderes de governos.

Não acreditemos em tudo passivamente e nem aceitemos suas versões podres como ‘verdade absoluta’.

E definitivamente, tenhamos a consciência de que a Paz não é uma utopia não. Ao contrário, ela deve ser ‘construída’ por todos nós e a começar por nosso interior, uma vez que o macro reflete ao micro, ou seja: o nosso mundo exterior apenas reflete o que vai no mundo interior da humanidade. Simples assim.

E para finalizar por ora,… tenhamos consciência, de que não haverá Paz, a partir de ações como esta ordenada por Barack Obama. Os fins, definitivamente, não justificam os meios.

Principalmente a quem desejar trilhar um caminho espiritual, tenha consciência disso. Revejam seus valores e crenças.

No mais, muita Paz em todos os corações, Luz, Amor, Sabedoria e Discernimento a cada um de nós.

Carecemos e urgentemente!

 

·٠•●❤ Um abraço fraterno e beijo em seu coração direto do meu!

Amor Incondicional e Paz em todos os Quadrantes, sem fronteiras. ❤●•٠·˙

Lucy

www.amorepazsemfronteiras.com/

Namastê

Gostou? Compartilhe ♥


Print Friendly and PDF

   Sobre a Autora:  

Lucy Sem Fronteiras Lucy Sem Fronteiras +  
Ativista da ‘’Luz’’… uma Cidadã do Mundo, sua religião é o Amor, sua raça é a Humanidade e a Terra é o seu país. Interessada por ativismo, causas espiritualistas, pacifistas, ambientalistas e humanitárias.
Mais ♥ | Facebook | Twitter | Contato

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Comentários
3 Comentários

3

Comentários:

Marcia Prado comentou...

Lu amada, bem lembrado quando vc diz que não é matando que se acaba com o mal pq a vida continua em outra dimensao. O mal não paga o mal, mas o amor tudo supera tudo suporta. Ainda é longa a nossa caminhada para atingirmos a nobreza do amor. Mas acredito que mensagens como essa, blogs como o seu sejam imprescindíveis para nos manter alinhados com a lei do amor e da paz. Obrigada amiga por ser esta fonte inesgotável de boas informações. Parafraseando vc, Um beijo no seu cuore direto do meu. Namastê.

Maria Cristina comentou...

To junto em tudo que esternou no seu lindo comentário...e vamos e frente espalhando a melhor das vibrações...é isso aí menina...muito bommmmmmm...beijocassssss Cris

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

@Maria Cristina e Márcia

Minhas queridas!!!! Super grata pela presença e comentários viu minhas amigas!

E sim, estou com vocês e não abro rssss.

Continuemos sim a espalhar vibrações de Paz e Amor pelo mundo, façamos a nossa parte sim.

Muito obrigada a ambas minhas queridas!

Beijos em seus corações direto do meu! ;))

Fico feliz e sou grata com a sua presença!
Compartilhe idéias, comente os artigos, dê sugestões e ajude o blog a crescer. Seu comentário é importante, seja bem vindo!
Leio e respondo por aqui.
Volte para ler, tá ♥ \o/ ♥ e recomende se gostar;)
Aqui todos deverão ser respeitados em suas diferenças.

Obs:
• Se seu comentário não tem relação com este post,
deixe-o no LIVRO DE VISITAS..
• Se preferir enviar um e-mail, visite a página de CONTATO..
• Siga, acompanhe, participe e fale comigo nas REDES SOCIAIS..

Os comentários deste blog são moderados. Mas é sempre um prazer recebê-lo aqui :)

•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Paz e Amor! Beijos no ♥ direto do meu ♥ •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤



Acompanhe Amor e Paz Sem Fronteiras ♥



Junte-se a nós por Amor e Paz ♥



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cidadão Planetário Online

My Ping in TotalPing.com

Contando as Visitas

Comentários Recentes

Licença

Cite sempre a fonte original, inclua o link e não retire os créditos. Todos somos dotados de infinita capacidade criadora. Crie, não copie. Exerça seu poder criador.

www.amorepazsemfronteiras.com

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
♥ Amor e Paz Sem Fronteiras ♥ by Lucy Ramos * sob uma Licença Creative Commons