02 fevereiro 2011

Kryon: Como Eu os vejo antes e após o nascimento | Um convite ao Despertar

Kryon

Hoje compartilho com todos, mais esta canalização de Kryon, que como sempre toca profundamente meu coração. E a coisa mais ‘mágica’ é o poder que tem estas palavras que são ‘atemporais’, em uma linguagem multidimensional, e que podem passar anos a fio, e estas palavras sempre estarão atualíssimas.

Digo isto, pois embora esta seja uma canalização realizada em 2009, estas palavras de profundo despertar, são extremamente necessárias no agora, neste momento de Transição Planetária que vivenciamos no planeta.

Por isso deixo mais esta curta mensagem, porém uma profunda reflexão e um grande convite ao despertar. Você aceita? O tempo urge meus queridos!

Mensagem de Kryon através de Lee Carroll

Sedona, Arizona, Estados Unidos da América 24 de junho de 2009

 

Meus amados, Eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

Realmente não há regras que poderiam descrever o que vós vedes aqui, porque, na quanticidade da energia que permite tal comunicação , toda a linearidade está suspendida. Ainda assim há aqueles com um intelecto linear, que diriam ‘tal coisa não pode ser! Deus não fala a humanos deste jeito, tão facilmente! É demasiado informal!’, vós diríeis. ‘Há que haver alguma História aqui! Tem que haver mais do que o que vós vedes aqui! Então um homem que senta no palco não pode trazer adiante, portanto, a essência de Deus, a essência do Espírito, a Verdade, canalização.’

Eles diriam isso.

Os mesmos que diriam isso são aqueles que abrem diante de si as escrituras das eras.

Mas os profetas que viveram e morreram tiveram os seus apóstolos a escrever as suas palavras bem depois de suas mortes. Eles diriam que isto é inapropriado, que vós sentaríeis aqui sem um sistema de crenças, sem uma doutrina, sem um profeta, sem um mestre, num lugar informal, em cadeiras temporárias, para receber uma mensagem de Deus.

Vamos falar de informalidade, oh formalíssimo.

Vamos falar por um momento de lugares inapropriados.

Deixai-me por um momento rebobinar a História.

Um homem senta numa cela. Muito pouco iluminada ela é. O que vós não sabeis sobre este lugar é que ele fede. São altas horas da noite. Este homem sabe que possivelmente jamais sairá da cadeia. Este homem está vivo com o amor de Deus. Num dado momento, com a sua própria mão, ele escreve cartas a amigos.

E as cartas saem assim:

‘amados amigos, eu descobri algo único, único para esta era, único para a vida, único para o planeta. Eu descobri o amor de Deus através de um mestre no qual eu acredito. Eu escrevo isto 30 anos após a sua morte e eu estou a arder com o amor de Deus.’

De quem eu estou a falar?

Eu falo de Paulo, o apóstolo.

Eu falo de Saulo de Tarsus, uma vez um homem de negócios bem sucedido, que sacrificou tudo porque ele encontrou uma mensagem que soou verdadeira para ele, uma mensagem que a terra precisava ouvir, que ele sentiu que devia divulgar. Cartas foram enviadas aos seus amigos em Coríntios, em Efésios, e se tornaram epístolas aos Coríntios e aos Efésios, respectivamente.

Um homem, uma caneta, aquilo se tornou a Palavra de Deus, percebestes isso?

Isso, meus amigos, foi canalização.

Suficientemente informal para vós? Ou não?

Todas as Escrituras do planeta, todas as profecias antigas que soam com amor, todas as verdades escritas em todas as páginas que são a Palavra de Deus, foram escritas por homens e mulheres com corações abertos. Todas elas!

E aqui estais vós, em 2009, numa reunião informal.

Alguns ainda iriam dizer, ‘isto não é apropriado. Tem que ser um pouco mais grandioso do que isto!’

Encontrai a vossa verdade. Está bem! Mas àqueles que estão sintonizados com isto, eu vos digo que isto é real. Há aqueles neste lugar que durante todas as suas vidas têm possuído os dons, os dons de “secunda visão”, aqueles que podem ver as cores, aqueles que podem ver os atributos do Espírito quando Ele está presente. E eles podem dizer quando se está ou não para plantar uma farsa.

Então digo a vós, nesta assembléia, que sentais neste lugar, olhai-me e me diga…

Não me vedes? Não me vedes? Porque eu estou a mostrar as cores!

Para aqueles que podem vê-las, eu estou a mostrá-las. Vós não podeis falsear isso.

Se vós pudésseis voltar na História, através de uma máquina do tempo, ao lugar em que Paulo sentou, naquela cela fedorenta, vós veríeis as mesmas cores, porque através dele, para a sua era, para o seu tempo, para seu profeta, o amor de Deus estava a transbordar.

O que vós aprendestes hoje?

É sobre o coração, não é?

A eloquência da ciência , das coisas chegando juntas que falam tão bem, é onde o poder está.

Por vinte anos esta tem sido a mensagem de Kryon.

Não nas vossas cabeças; mas nos vossos corações.

Agora ela começa a ressoar, até mesmo entre aqueles que podem analisar, até mesmo entre aqueles que não são espirituais. Nas esquinas do planeta onde eles trabalham naqueles tipos de calibração, até mesmo entendendo a correlação. O que isso significa?

Sentindo o pedaço que falta comigo nesta noite.

Isto não vai ser uma embromação de canalização.

Este não é um tempo para ensinar; nós vamos ao coração.

Eu disse ao meu parceiro, logo antes de subirmos até aqui, nesta cadeira, nesta noite, que ele estava num lugar seguro, que ele não faria um bobo de si mesmo. Se ele abrir o seu coração e permitir o que vai transpirar, uma das coisas mais esotéricas que já fizemos.Isto vai vos levar a lugares em que talvez nunca tenhas ido antes.

É sobre o coração, sabíeis?

Não é sobre pensar demasiadamente, descobrir como funciona; a parte que falta. O que é isso? Como poderia isto, que os vossos corações tenham tão poderosa influência àqueles ao vosso redor, ser cumprido? Como poderia ser que vós teríeis tamanha influência sobre a própria terra, sobre os seus atributos magnéticos, a quanticidade, a rede cristalina, o registro akáshico?

Sois vós verdadeiramente tão poderosos? O que é isso dentro de vós que criaria isso?

Vós vistes hoje a mecânica.

Talvez vós estejais inebriados sobre o quão vós sois poderosos, sucintos e belos.

Estão os animais envolvidos? Não realmente. Eles estão, mas não como vós estais, porque o plano implica que o ser humano viria a este planeta com um pedaço do Criador dentro de si; não separado, não à parte, não um pedaço de biologia, mas uma parte integrada de Deus.

E nesse arranjo, sem uma organização, sem qualquer tipo de planejamento, talvez até mesmo dentro de uma prisão, eles poderiam se descobrir. Eles poderiam encontrar por si mesmo a sua verdade, se a desejarem. Essa verdade iria se alinhar muito bem com o que outros estariam a descobrir. Dentro de vós há mais do que biologia. É a mensagem de Kryon. É o atributo espiritual de tudo o que vós vistes hoje. É razão pela qual há tanto poder. Aqui há mais que encontra os olhos.

Seria possível que vós sois pedaços do Criador, eternos em ambas as direções?

É possível que em cada um de vós haja uma centelha de vida eterna?

É possível que naqueles vossos registros akáshicos estejam os registros de todas as vossas muitas vidas, quiçá voltando ao início de todas elas há 50.000 anos atrás?

É uma esticada, não é?

Talvez no mesmo registro akáshico haja a promessa de vidas a vir além de 2012.

O que isso faz de vós? Isso vos faz pedaços do Criador.

Vós podeis dizer, ‘oh Kryon, eu não me sinto assim.’

Eu vos digo, seres humanos, que isso é intencional; não para fazer isso difícil, mas para fazer isso honesto.

Eu vos levo a um lugar agora. A decisão é vossa, do quanto vós ireis comigo.

A decisão é vossa, o quanto vós podeis suspender os vossos intelectos.

Eu quero vos levar a um lugar que é bastante real.

Tudo o que eu vou fazer nos próximos momentos aconteceu.

Eu vou pintar um quadro.

Eu vou reverter as mesas de mim convosco.

Isto vai ser uma entrevista de um a um: eu convosco, mas é o coletivo de vós, que leva em consideração as muitas vidas que eu estou a observar agora mesmo, porque eu conheço cada um de vós; oh, num jeito bem diferente do que vós pensais que eu conheço, porque a face no espelho, a que vós costumais ver, não é a que eu conheço. Ela é temporária, a propósito.

Bem temporária!

Eu quero vos levar a um lugar no qual eu estarei sentado em vossos pés.

Lá eu não sou a energia do mestre magnético.

Eu quero vos levar ao outro lado do véu bem antes desta encarnação.

Podeis vós ir até lá comigo?

Vede, nós realmente estivemos lá juntos.

Num estado quântico não há tempo.

Aonde eu vou agora mesmo está a acontecer em tempo real.

Vós dizeis, ‘é antes de voltarmos à terra?’

Sim, numa maneira de relógio linear, mas para mim acontece o tempo todo.

Como posso eu explicar a um ser humano acerca da suspensão do marco do tempo linear?

Simplesmente confiai em mim. É o que é. Vinde comigo. Vinde comigo e recordai.

Há sementes desta verdade nos vossos DNAs enquanto eu vos levo até lá.

Nós não estamos em lugar algum. Não há tal coisa como um lugar na quanticidade.

É uma realidade do ser que eu me sento ao vossos pés e vós sois magníficos.

O pedaço de Deus que é um dos trilhões sobre trilhões de grades energéticas, um pedaço do Todo…

É difícil descrever como vós podeis ser um e tantos ao mesmo tempo, mas lá estais vós. Verdadeiramente sois vós indivíduos, mas vós sois coletivos. Eu sou parte disso.

Enquanto eu falo a vós agora, nesta sala, eu sou parte disso.

O meu parceiro recebe uma visão fugitiva disso.

Oh, os ventos de luz sopram sobre nós duma maneira refrescante enquanto nós estamos sentados sobre o universo mesmo. É lindo. Vós não podeis sequer imaginar o que eu estou a mostrar ao meu parceiro neste momento de beleza, de ser capaz de ver todas as vibrações além da visão humana.

Há cores que não existem sobre o planeta.

É absolutamente maior do que vós podeis imaginar.

As frequências vão, baseadas nesta beleza que vós sois.

Enquanto vós sentais comigo eu vos olho e vós me olhais energeticamente, eu sei o que sucederá e eu me sento aos vossos pés. Eu estou convosco agora mesmo. Nós estamos tendo esta conversa agora mesmo. E eu vos digo isto, ‘oh meu amado, irmão/ irmã, Eu vos amo tanto! Ide vós realmente fazer isso outra vez?’ e vós me olhais tal como se eu fosse uma criança, como seu em soubesse absolutamente nada e vós dizeis, ‘oh, sim. Eu vou fazer isso de novo'.

- Aonde ides desta vez? E vós me olhais e dizeis, ‘eu vou para o mesmo lugar da última vez. Eu ainda não terminei. Eu ainda tenho o que fazer lá’, vós dizeis.

Vós dizeis, ‘eu vou voltar à terra.’

Não para entregar algo que eu não devo entregar, eu vos digo, ‘ mas há tantas terras para se ir!’ E vós dizeis, ‘sim. Eu vou para aquela à qual eu fui na última vez.’

E eu estou quase em descrença, ‘não vos recordais o que aconteceu na última vez na qual estivestes lá? Esse sistema vai requerer toda aquela energia do drama, do medo, dor, da amargura, que vai repousar sobre a vossa biologia mesma e vós ides entrar novamente?! Ides mesmo fazer isso?!'

E vós dizeis, ‘oh, sim.’

– ‘Por acaso esquecestes – eu vos digo – o que isso significa? Este processo de encarnação, a dificuldade, vós tendes que que tornar linear! Vós esqueceis quem vós sois! Vós me esqueceis! Vós esqueceis os irmãos e irmãs e a energia deste momento! Vós ides esquecer a beleza que estava lá e deixareis de ouvir a música a tocar! Vós entrareis num planeta e parte de cada um de vós será despedaçada. O que se chama de Eu Superior permanece num lugar que é quase como uma concha. Vós não podeis fazer nada, a não ser o que o ser humano na terra vos contate. É quase como uma prisão espiritual. Vós vos separareis – cada um de vós - em dois, e parte de vós – cada um de vós – irá para a terra e nem sequer vos lembrareis de nada disto. Em linearidade vós ireis vos entediar numa biologia que falha, que não dura muito, que é suscetível a doenças. Vós podeis morrer durante os vossos nascimentos. Vós podeis morrer quando tiverdes 3 anos de idade. Por que vós quereis fazer isso?! Por que vós quereis fazer isso?! Fazer isso?!'

Recordais vós a esta conversação?

E novamente vós me olhastes e dissestes, ‘porque eu estou apaixonado pela terra e vale à pena.

Bem, eu sou Kryon. Eu nunca fiz isso.

Há vinte anos atrás eu vi e uma das primeiras coisas que eu disse foi que eu me sento a vossos pés, eu estou a lavar os vossos pés. Já vos perguntastes porquê eu lavo os vossos pés?

Abri os vossos corações por um minuto.

Sabeis por que eu lavo os vossos pés?

Por causa daquela conversação.

Então eu estou sentado aqui com o meu coração aberto, a lavar os vossos pés neste dia por causa daquela conversa, porque aqui estais vós. E tudo o que eu disse aconteceu.

Vós não recordais, recordais?

Alguns de vós estais sentados em total descrença de que isso possa ter acontecido, isso é o quanto vós não recordais. Isso é intencional, desse jeito. Vós tendes que encontrar a fagulha e muitos de vós já a encontrastes. A verdade está lá e vós a descobristes. E a porta se abre voando para que podeis segurar a mão de Deus. Tão poucos de vós fazeis isso!

Eu não posso acreditar que vós voltareis à terra.

Eu estou lá, sentado com admiração. Com admiração!

E eu vos digo, ‘para que país vós ireis? Para que parte da terra?’

E vós me dizeis, ‘eu vou voltar para onde a minha família está, a minha família cármica.’

Eu digo, ‘deverá ser difícil. Não podeis selecionar uma melhor? Que ta o Canadá?’

[o público morre de rir]

Ah, uma piada de Kryon!

E vós dizeis não.

E eu digo, ‘por que vós faríeis isso’

Vós sois envenenados no centro da criação; é a melhor palavra que eu tenho.

Vós podeis escolher o que quer que quiserdes. Vós estais no controle. Vós ides para onde quiserdes no planeta. Vós todos podeis desenhar um grupo cármico novinho em folha, se vós o quiserdes, mas vós dizeis,‘não, eu vou para aqueles que eu deixei atrás.’

E eu digo, ‘por que? Por que? É difícil lá. Vede os potenciais do que poderá acontecer! Vede a amargura, o potencial do que poderá suceder. Vede a vida que vós estais a ponto de entrar. Os potenciais são conhecidos, as possibilidades do que poderá ocorrer. Quereis isso mesmo?!’

E vós dizeis, ‘eu jamais perderia isso!'

‘Com aquele grupo?! Com aquele grupo?!Eu vos olho e digo, ‘eles nem sequer saberão que vós voltastes!’ Eles estarão sentados a lamentar as vossas mortes e vós ides voltar como uma criança naquele grupo e eles nem sequer saberão quem vós sois! Ireis vós fazer isso? É como descer da luz mais luminosa paras as trevas mais escuras. E vós fareis isso?!’

E vós me olhais e dizeis, ‘é para onde eu vou'

• Para que família?

Oh, aquela que eu deixei para trás.

• Realmente? Não estais cansados delas? Vede como disfuncionais elas são?

É para onde eu vou.

• Não posso acreditar nisso! Voluntariamente voltar?! Por que faríeis isso? Por que faríeis isso?Não sabeis que não tendes que voltar?

E vós me olhais e me dizeis, ‘eu vou terminar o que comecei.’

Vós me olhais e me ensina, ‘Eu estive lá 3.000 vezes. E nunca houve um tempo onde eu pudesse terminar o que eu comecei. Desta vez eu posso.’

Vós observais os potenciais, os mesmos que eu observo: ser no escuro, nem mesmo sabendo quem vós sois, nem sequer tendo a família (terrena) a vos reconhecer da última encarnação; eles não possuem nenhuma percepção energética. Eles não são sequer multidimensionais. Vós retornais à escuridão.

• Por que?

Vós dizeis, ‘porque eu vou encontrar a luz e terminar o que eu comecei. Nós temos uma oportunidade de fazer tudo certo, de fazer algo muitas poucas terras já conseguiram fazer: criar uma civilização final, a civilização final. Não uma de muitas que são destruídas. Não uma de muitas que são desenterradas, mas a última, a que vai criar um planeta de paz. Oh, sempre haverá desentendimentos. Não haverá um governo mundial, mas haverá paz. Guerra não será uma opção. É por isso que eu vou.’

Eis o que dizeis a mim e vós apontais os vossos dedos, ‘por acaso não sabeis disso, Kryon? Não sabeis verdadeiramente disso?’

E eu vos digo, ‘eu somente sei o que vós me contais.’

E vós estais aqui sentados.

E muitos dos potenciais aconteceram.

Sim, houve sofrimento.

Sim, houve perda de amor.

Sim, houve sim, e sim e sim…

Houve dor? Sim.

E se eu pudesse vos entrevistar agora nas cadeiras a nível de DNA, vós diríeis a mim, ‘ ah, tu me encontraste!’

E eu diria, ‘somente por um momento, enquanto vós sois multidimensionais neste espaço. O que vós pensais disso agora? O que pensais?’

E vós me diríeis, ‘Vale à pena! Observai o que sucederá!’

E vós vos perguntais porquê Kryon lava os vossos pés?

E essa é uma mensagem esotérica de altíssimo nível, meus queridos seres humanos.

Assim é como eu vos vejo.

Eu vejo cada um de vós como grandes mestres.

Quando o meu parceiro começou a canalizar eu abri o seu coração quase imediatamente e lhe deixei ver e sentir o que eu senti. E no processo ele aprendeu cedo que ele tinha que fechar os seus olhos. Só recentemente eu lhe deixei, algumas vezes, abri-los durante a canalização e lhe permiti se levantar e andar em voltas. Ele não gosta muito disso. E eu vos digo o porquê.

Porque quando ele fecha os seus olhos, ele pode segurar melhor a minha mão.

Ele não é distraído pela distorção da mente tridimensional, que vê as coisas ao seu redor que estão em 3-d. Ele está viciado no amor de Deus. Ele não gosta que eu fale dele, mas é a verdade.

Como vós gostaríeis disso?

Como gostaríeis de ter uma verdade que vos dá tanto conforto que é onde quereis estar.

Não se trata de flutuar sem destino em algum tipo êxtase meditativo, mas de ter os pés no chão com o amor de Deus, sabendo quem vós sois e porquê estais aqui; sabendo as possibilidades do que podeis fazer.

E isso, meus amados seres humanos, é quem vós sois.

Cada um de vós teve essa conversa com a Família antes de vossa volta à terra.

Após ela eu vos observei chegar. Eu já falei do vento do nascimento, que é um portal que aparentemente se abre e é como um vento que sopra.

A linearidade é tão impactante que a sensação é a de que um furacão se choca contra a beleza multidimensional de onde partistes. É como cair dentro de um abismo e ser feito em pedaços. Vós ides. A próxima coisa que sabeis é que estais no canal de nascimento.

Sabeis vós que nas primeiras poucas semanas de vida vós vos lembrais desta conversa.

Crianças sabem.

A propósito, é bastante irritante nascer e parar de ouvir a música. É amedrontador.

Vós estais sós e tudo é tão preto e escuro! As cores foram embora. A beleza se foi. A música já era. Eis onde estais. Tudo o que tendes é o coração de vossas mães a palpitar. E isso é o bastante!

É assim que o sistema funciona.

Foi o que eu disse na última noite.

Aqui estamos. O círculo está cheio.

O que vós ides fazer com esta informação?

O que ides fazer com esta emoção?

Poderia ser que tudo o que eu vos disse é verdade?

Por que não perguntais, nos momentos mais calmos que tendes, com ninguém ao vosso redor, vós com vós, onde a verdade é absoluta e todos os segredos são conhecidos, quando não há meio possível de se esconder algo de vós, vós abrís os vossos corações e perguntais a vós mesmos, ‘ há algo mais aqui’ ? É possível que eu seja um pedaço do universo?

Lançai a pergunta e dai um passo para trás.

Começai a escutar a música do coro começar novamente enquanto vós começais a acender a luz que nós sempre quisemos que vós acendêsseis desde o dia de vossos nascimentos.

E eu vos digo algo, meus amigos: se vós o fizerdes, eu estarei lá;

uma das vozes; eis o que eu faço, que diz ‘bem-vindos!’

Eu sou Kryon, do serviço magnético.

Eu amo a humanidade.

Eu sou vossa irmã,..irmão

Eu sou aquela(ele) que pensais que eu seja

E assim é que vós vos acercais de certas decisões; não mais tarde, mas agora.

E vós o fazeis coletivamente.

Façam enquanto vos olhais no espelho.

Isso torna isso mais difícil, não torna?

Mas se vós o fizerdes, nós estaremos lá para vos encontrar.

É uma coisa segura.

E assim é!

Kryon

Om - Aum

 

E ao querido amigo que está chegando agora por aqui, deixo também você também os links de alguns vídeos com as canalizações de Kryon que você poderá postá-los em seu blog e/ou site  se desejar, produzidos por ♥ Amor e Paz Sem Fronteiras ♥ publicados no Youtube, assim como outros do canal do blog:

 

Se desejar ver todos os artigos de Kryon já publicados, clique aqui

Para visitar a “Sala de Canalizações de Kryon” e ouvir os áudios clique aqui

Clique e leia mais para saber quem é Kryon

Baixe gratuitamente os E-books de Kryon acessando aqui

Muita Paz, Luz, Amor nos corações, Alegria, Luz, Sabedoria e Discernimento a todos

 

·٠•●❤ Um abraço fraterno e beijos no coração direto do meu! ❤●•٠·˙

 Lucy

www.amorepazsemfronteiras.com

Gostou? Compartilhe ♥


Print Friendly and PDF

   Sobre a Autora:  

Lucy Sem Fronteiras Lucy Sem Fronteiras +  
Ativista da ‘’Luz’’… uma Cidadã do Mundo, sua religião é o Amor, sua raça é a Humanidade e a Terra é o seu país. Interessada por ativismo, causas espiritualistas, pacifistas, ambientalistas e humanitárias.
Mais ♥ | Facebook | Twitter | Contato

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Comentários
2 Comentários

2

Comentários:

karol comentou...

Aii Lucy, como não chorar com Kryon, como não se emocionar diante esse conversação nesse tempo linear! aff! não sei como explicar tamanho sentimento em meu peito agora aqui viu! só sei chorar...chorar e chorar, é muita emoção! Gratidão querida pela postagem dessa mensagem! e meu eterno carinho!

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

@karol
Olá Karol minha querida!!!

Pois é, eu sou neutra a falar rsrsr pois simplesmente não tem como não se emocionar com Kryon, ele toca profundamente o meu ser e meu coração.
E que lindooooo, que ele se faz presente em você tb, pois se assim não fosse, não sentiria esta emoção que transborda em teu ser minha querida!

E sou eu quem lhe agradeço pela presença, por tuas doces palavras e por teu carinho sempre viu!

Beijos em seu coração direto do meu querida Karol!

Fico feliz e sou grata com a sua presença!
Compartilhe idéias, comente os artigos, dê sugestões e ajude o blog a crescer. Seu comentário é importante, seja bem vindo!
Leio e respondo por aqui.
Volte para ler, tá ♥ \o/ ♥ e recomende se gostar;)
Aqui todos deverão ser respeitados em suas diferenças.

Obs:
• Se seu comentário não tem relação com este post,
deixe-o no LIVRO DE VISITAS..
• Se preferir enviar um e-mail, visite a página de CONTATO..
• Siga, acompanhe, participe e fale comigo nas REDES SOCIAIS..

Os comentários deste blog são moderados. Mas é sempre um prazer recebê-lo aqui :)

•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Paz e Amor! Beijos no ♥ direto do meu ♥ •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤



Acompanhe Amor e Paz Sem Fronteiras ♥



Junte-se a nós por Amor e Paz ♥



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cidadão Planetário Online

My Ping in TotalPing.com

Contando as Visitas

Comentários Recentes

Licença

Cite sempre a fonte original, inclua o link e não retire os créditos. Todos somos dotados de infinita capacidade criadora. Crie, não copie. Exerça seu poder criador.

www.amorepazsemfronteiras.com

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
♥ Amor e Paz Sem Fronteiras ♥ by Lucy Ramos * sob uma Licença Creative Commons