21 outubro 2010

“SINTO VERGONHA DE MIM” por Rolando Boldrin

Rolando Boldrin
 
Depois de ter publicado recentemente “Só de Sacanagem” de Elisa Lucinda e a célebre frase de Eça de Queiroz além de Tudo o que eu gostaria de dizer para o mundo (Charles Chaplin) compartilho hoje desta ‘pérola’ que recebi da minha amiga Vivian, interpretada por Rolando Boldrin, ator, cantor e contador de causos, e que chega a ser um ‘escandalo’ de tão emocionante e verdadeiro!
Ele não é político, não fala sobre política e nem políticos abaixo, porém fala sobre ética, moral, valores, honestidade, caráter,… tudo o que parece estar ‘tão fora de moda’ infelizmente em nosso país, tanto entre nossos políticos e mesmo em nossa sociedade.
Sociedade esta, carente de valores que em sua maior parte foram todos deturpados e invertidos, onde muitos se dizem envergonhados por serem ‘honestos’. Valores estes, pelos quais os candidatos e seus partidos ‘passam longe’, onde lutam de maneira desleal, corrupta, vergonhosa, criminosa e de forma podre, fazem da religião e da fé das pessoas, suas armas para conseguirem votos.
Por isso dedico este vídeo, a todos os cidadãos brasileiros e muito em especial, àqueles que sofrem de ‘amnésia crônica’ e têm a ‘memória curta’.
Apertem o play e façam a reflexão:
 
 

 

(* Se você recebe os artigos de Amor e Paz Sem Fronteiras por email, talvez não consiga visualizá-lo. Portanto, clique aqui para assistí-lo)

 

“Sinto vergonha de mim”

 

“Sinto vergonha de mim
por ter sido educador de parte desse povo,
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.

 

****

Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era
que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser
e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente,
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez
no julgamento da verdade,
a negligência com a família,
célula-mater da sociedade,
a demasiada preocupação
com o "eu" feliz a qualquer custo,
buscando a tal "felicidade"
em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

 

****

 
Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir,
sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas
pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade
para reconhecer um erro cometido,
a tantos "floreios" para justificar
atos criminosos,
a tanta relutância
em esquecer a antiga posição
de sempre "contestar",
voltar atrás
e mudar o futuro.

 

****


Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer...
Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.

 

****


Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

****

Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti,
povo brasileiro!

 

****


De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto.”

--------------

Texto da poetisa Cleide Canton

Último verso de Ruy Barbosa

 

Desejo mesmo de verdade e coração, que saibamos todos usar não somente o bom senso, mas que consigamos entrar em contato com nossa Essência Divina, e por ela, sejamos orientados ao darmos nossa contribuição de forma consciente, nas urnas em 31/10/10.

 

Muita Luz, Paz, Amor e muito Discernimento e Sabedoria a todos nós!

Gostou? Compartilhe ♥


Print Friendly and PDF

   Sobre a Autora:  

Lucy Sem Fronteiras Lucy Sem Fronteiras +  
Ativista da ‘’Luz’’… uma Cidadã do Mundo, sua religião é o Amor, sua raça é a Humanidade e a Terra é o seu país. Interessada por ativismo, causas espiritualistas, pacifistas, ambientalistas e humanitárias.
Mais ♥ | Facebook | Twitter | Contato

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Comentários
6 Comentários

6

Comentários:

Julimar Murat comentou...

Por tudo que temos presenciado, o momento exige de nós uma nova postura diante dos nossos comportamentos e atitudes que poderão com certeza mudar, se não for o mundo, mas o pedacinho que vivemos que já faz uma grande diferença.
Um grande abraço e muita luz

Julimar

Mary comentou...

Oi, Lucy! Como vai? Triste, né? Mas bem verdadeiro! Aqui no DF então... nem é bom comentar.Bom final de semana. Bjos

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

Olá Juli,

que prazer ter você aqui, seja bem vinda querida :)
E é verdade sim, para um 'Novo Mundo', de certo que teremos de ter uma nova postura tb.
E quero aqui reiterar tua frase que sintetiza bem o que acredito tb:

"....e atitudes que poderão com certeza mudar, se não for o mundo, mas o pedacinho que vivemos que já faz uma grande diferença..."

Isso mesmo amiga! Podemos até ser pequenos 'grãos de areia', porém as praias são formadas justamente por 'grãos de areia'.

Beijos de Luz minha querida!

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

Oi Mari saudadesss!

Puxa nem me fale, você então que mora aí em Brasília, tem uma noção mais de 'perto' de tudo isso né amiga;)

E sim, é uma bela interpretação do Rolando Boldrin!

E o bacana é que ele não precisou falar de políticos ou política diretamente.
O vídeo aborda simplesmente a nossa situação atual. E fala entre tanto, sobre os valores, a ética, a integridade,. enfim, tudo o quanto falta ao governo e ao ser humano hoje em dia.

Mas... novos tempos, já estão nascendo!


Beijos minha querida, e dá um abraço na Carla por mim tá:))

Anônimo comentou...

Lovely post afiado. Nunca pensei que fosse fácil. Extolment para você!

juanmarkus777 comentou...

Poéticamente esse texto pode até ser bonito, embora meio que piegas, já que ele não faz o meu estilo e muito menos navega pela águas que habitam o meu ser. Eu, me sentir envergonhado por ter ideais e idéias muito mais elevados do que a maioria do povo que habita esse país ou esse mundo? Jamais esse pensamento terá qualquer porto onde ancorar dentro da vastidão de minha essência, que é sempre buscar o novo e nunca ficar agonizando diante de uma falta de consciência,que muitos teimam em manter acesas dentro de si.
O meu lance decididamente é outro, pois sou um, e não mais um, e isso não é prepotência. É simplesmente pensar, sentir e expor com sinceridade o que me abrange, o que faz parte do meu íntimo.
Portanto, essa tal "vergonha de mim" para mim é algo muito distante, inexistente e não passa de auto comiseração.
"...só me resta seguir rumo ao futuro, certo de meu coração mais puro...". Esse é meu lema, a minha bandeira!
É isso.

Fico feliz e sou grata com a sua presença!
Compartilhe idéias, comente os artigos, dê sugestões e ajude o blog a crescer. Seu comentário é importante, seja bem vindo!
Leio e respondo por aqui.
Volte para ler, tá ♥ \o/ ♥ e recomende se gostar;)
Aqui todos deverão ser respeitados em suas diferenças.

Obs:
• Se seu comentário não tem relação com este post,
deixe-o no LIVRO DE VISITAS..
• Se preferir enviar um e-mail, visite a página de CONTATO..
• Siga, acompanhe, participe e fale comigo nas REDES SOCIAIS..

Os comentários deste blog são moderados. Mas é sempre um prazer recebê-lo aqui :)

•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Paz e Amor! Beijos no ♥ direto do meu ♥ •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤



Acompanhe Amor e Paz Sem Fronteiras ♥



Junte-se a nós por Amor e Paz ♥



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cidadão Planetário Online

My Ping in TotalPing.com

Contando as Visitas

Comentários Recentes

Licença

Cite sempre a fonte original, inclua o link e não retire os créditos. Todos somos dotados de infinita capacidade criadora. Crie, não copie. Exerça seu poder criador.

www.amorepazsemfronteiras.com

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
♥ Amor e Paz Sem Fronteiras ♥ by Lucy Ramos * sob uma Licença Creative Commons