22 março 2012

Dia Mundial da Água | Temos o que comemorar? Um convite à reflexão e conscientização

Água - Fonte da Vida

Água limpa para um Mundo saudável

 

Infelizmente temos muito pouco, ou quase nada a comemorar no Dia Mundial da Água.  Para mim, este é mais um dia para reflexão profunda, do que para comemoração.

Fonte de Vida pela qual todos nós deveríamos ser eternamente gratos, e elemento fundamental à  sobrevivência na Terra, a Água é hoje motivo de alerta, de situação de emergência  em muitos países. E a previsão é de que em um futuro próximo, sua falta, seja um problema em todo o planeta.

Tal como diz a ONU, o acesso a água potável é uma questão de Direitos Humanos. Porém,  incoerentemente, a maior parte da humanidade é a responsável por sua escassez.

E tudo isso, porque o ser humano têm um problema sério com a 'falta':

  • falta de consciência
  • falta de Educação e cidadania (com 'E' maiúsculo mesmo)
  • falta de respeito à Vida (sim, afinal o homem não é o único ser vivente na Terra e que depende da água)
  • falta de Amor e respeito pela Natureza, enfim...
  • falta de Amor até por si próprio, uma vez que é e será, o maior prejudicado por sua inconsequência e degradação ao Meio Ambiente.

Por isto acredito que não temos o que comemorar. Um exemplo infeliz (diante de inúmeros que vemos), lastimável e triste mesmo de se ver, é o vídeo que ilustra este artigo.

Antes de prosseguirmos, vejam o reflexo das "sobras da folia" do carnaval na Bahia  e embora este vídeo não seja recente, não creio que este ano tenha sido muito diferente disto que você vai ver: a falta de consciência e o desrespeito de turistas e moradores:

Dica: Se você recebe os artigos por e-mail e não consegue visualizar o vídeo abaixo, acesse o blog e veja o vídeo aqui

 

 

É de fato lamentável. Todos os anos inúmeras e incontáveis toneladas de lixo são despejadas nos oceanos, resultando não somente na poluição e contaminação das águas, como também, na morte de inúmeros animais marinhos e aquáticos, que sofrem com o descaso e a inconsciência do ser humano.

No mais, temos de parabenizar iniciativas como esta, do surfista *Bernardo Mussi e do biólogo *Francisco Pedro (segue link ao final do post para o artigo completo e fotos do mergulho), que sem esperar ajuda de ninguém, e com simples máscaras de mergulho, sem respirador, tiveram iniciativa e agiram recolhendo do mar, inúmeras latas de cerveja vazias, como vocês puderam assistir acima.

E todos têm responsabilidade para com um evento deste porte, o qual jamais poderia ocorrer à beira da praia, uma vez que o carnaval há tempos, deixou de ser uma "manifestação cultural", para tornar-se uma "festa sem dança, sem alegria, sem vida e sem poesia"; uma indústria milionária de entretenimento, que visa ao lucro acima de tudo, onde aos foliões de hoje em dia, só o que importa é sexo, bebidas e drogas.
E para refletir mais um pouco, segue a história que deu origem ao Dia Mundial da Água e a Declaração Universal dos Direitos da Água:

 

 Dia Mundial da Água
História do Dia Mundial da Água


"O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido?

A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) está sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem.

Esta situação é por demais preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.
Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural.

Sugestões não faltam:

  • não jogar lixo nos rios e lagos;
  • economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc);
  • reutilizar a água em diversas situações;
  • respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

Declaração Universal dos Direitos da Água

 

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser
humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente
disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra."
---------------------------

Informe-se mais a respeito e fique atento:

 

Outras notícias relacionadas:

 

Fontes:
United Nations - ONU
Nações Unidas no Brasil
Rádio ONU -Rádio das Nações Unidas
Sua Pesquisa
O surfista Bernardo Mussi e o biólogo Francisco Pedro - Site Global Garbage

 

(* E obrigada a você Vadis querido, pelo envio do texto 'A História do Dia Mundial da Água')

Este artigo foi originalmente escrito em Março / 2010 mas atualizado hoje (22/03/12), pois acredito ser de extrema importância a reflexão este tema, e isso independe de data ou qualquer ‘comemoração’. É uma questão de consciência, e esta, não tem ‘prazo de validade’.

Ainda mais neste momento em que a nossa Mãe Natureza vem se movimentando em ritmo acelerado e realizando toda a ‘limpeza’ e purificação necessária no planeta, neste grande ‘parto’ (basta ver os terremotos, tsunamis, enchentes, deslizamentos de terra, etc…), preparando-nos para o Novo Mundo tão desejado por muitos, onde este tipo de comportamento destrutivo e inconsequente que ainda hoje vemos sendo praticado pelo ser humano, não terá mais lugar.

Portanto a hora chegou! Não tem mais como dar desculpas. Não há mais tempo. Esta é uma responsabilidade de todos e nós só temos duas opções agora: DESPERTAR ou DESPERTAR!!!

Valorizar e preservar este elemento tão sagrado com que fomos abençoados, é uma questão de consciência e é emergencial.

Muita Paz, Luz, Sabedoria e Discernimento a todos nós. Carecemos e muitíssimo mesmo.

 

·٠•●❤ Um abraço fraterno e beijo no coração direto do meu.

Amor Incondicional e Paz em todos os Quadrantes, sem fronteiras! ❤●•٠·˙

Lucy

www.amorepazsemfronteiras

Gostou? Compartilhe ♥


Print Friendly and PDF

   Sobre a Autora:  

Lucy Sem Fronteiras Lucy Sem Fronteiras +  
Ativista da ‘’Luz’’… uma Cidadã do Mundo, sua religião é o Amor, sua raça é a Humanidade e a Terra é o seu país. Interessada por ativismo, causas espiritualistas, pacifistas, ambientalistas e humanitárias.
Mais ♥ | Facebook | Twitter | Contato

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Comentários
10 Comentários

10

Comentários:

Jeana Andréa comentou...

Querida Luciana, venho hoje, a essa pagina maravilhosa que definitivamente conquistou meu coração há alguns meses atrás por dois motivos:
1º Parabenizá-la por esse excelente post.
2º Para contribuir com a discussão.
Quem conhece minha vida profissional, sabe que desde 2002 venho estudando, pesquisando, discutindo e promovendo debates sobre assuntos relacionados ao meio ambiente. Minha proposta de trabalho, enquanto profissional da educação, se desenvolve em torno de 5 eixos principais:
• Escassez da água e crescimento populacional,
• Esgotamento da mata ciliar e poluição dos rios,
• Destino do lixo reciclável,
• Preocupação com as crianças e os animais (vítimas mais vulneráveis de nossas escolhas presentes) e,
• Promoção da mudança de postura, de conduta e de procedimentos atitudinais.
Costumo brincar que, mesmo sem diploma de mestrado, sou mestre nesse assunto (rsrsrsrsrsrs)
Desde 2001, 2002... o termo Desenvolvimento Sustentável faz parte de meu vocabulários nas salas de aula.
A Agenda 21 coloca Desenvolvimento Sustentável como: "(...) satisfazer as necessidades presentes (no sentido amplo) sem comprometer a capacidade das futuras gerações de suprir suas próprias necessidades."
Mas é uma pena que nossos governantes, políticos e empresários vejam esse termo apenas visando lucro. Sim Luciana... Quando se fala em Água nos dias atuais, eles vêem isso como fonte de renda futura. Mas ai me questiono: Que futuro vamos deixar as próximas gerações? Suprimos nossas necessidades hoje e como elas irão suprir as suas necessidades básicas, se é de conhecimento mundial que a água é um bem finito?
Posto isso e embasada em pesquisas, ouso dizer que não podemos mais admitir um crescimento infinito num planeta que dispõe de recursos finitos. Ou seja, se os recursos continuarem a serem explorados (e aqui coloco a água como foco principal) sem que haja sua renovação, estaremos caminhando para um colapso desses recursos e uma falência múltipla dos ecossistemas terrestres, tendo em vista que a água é um recurso vital a todos os seres existentes. Portanto, desenvolver-se de maneira sustentável é fazer com que as estratégias econômicas tenham equilíbrio entre a tecnologia e o ambiente, visando promover o crescimento da riqueza e a melhoria das condições de vida, de forma igualitária. Para isso são necessários modelos capazes de evitar tanto a degradação ambiental quanto a escassez da água e a exaustão dos recursos naturais, não comprometendo, dessa forma a satisfação das necessidades das gerações futuras. Pois Luciana, as crianças e jovens são as vitimas mais vulneráveis de um meio ambiente com recursos escasso. Hoje, para ser mais especifica, eles (crianças e jovens) representam cerca de 30% da população mundial. E os recursos naturais não estão crescendo na mesma proporção que a população.(continua)

Jeana Andréa comentou...

Consumo anual per capita no mundo

Mundo 645m3
América do Norte 1.680m3
América Latina e Caribe 402m3
Europa 626m3
Ásia 542m3
África 202m3
Oceania 586m3
Estados Unidos 1.870m3
Brasil 246m3
Rússia 521m3
China 461m3
Índia 612m3
Egito 952m3

Deixando de beber água, uma pessoa tem apenas três dias de vida. Em 72 horas perde 13 litros de água do corpo e morre. A água é mais essencial à sobrevivência do que a comida. Sem alimento, uma pessoa pode resistir até 40 dias.

Nossa Luuuuuu, vou parar por aqui, senão escrevo um livro... rsrsrsrs. Mas como já falei, sou estudiosa e defensora do assunto. E sempre friso que, as crianças, plantas e animais são os mais vulneráveis por nossas más escolhas presentes.

Me emociona até hoje uma pequena frase dos meus alunos, quando no desenvolvimento de um projeto sobre meio ambiente, no qual faço questão de divulgar aqui em teu blog, E com essa, frase deixo um grande beijo no teu coração parabenizando-a e reverenciando-a mais uma vez minha querida amiga.

“Há uma chance de mudarmos isso se tentarmos. E tentarmos significa fazer com que os adultos nos ouçam, pois somos nós que vamos ficar com o mundo, não somos? Somos nós que vamos herdar esse mundo dentro de alguns anos. E nós é que vamos ter que consertar essa bagunça!” (alunos da 4ª série da E.M.E.B “Portão São Lourenço - Mafra/SC – 2004), não é para emocionar-se Luciana? :)

"A água é o princípio de todas as coisas." (Tales de Mileto)

"Enquanto o poço não seca, não sabemos dar valor à água." (Thomas Fuller)

Sueli comentou...

Lucy querida! Há anos que já se sabe de tudo isto em relação à água. É lamentável, com certeza, 800 milhões de pessoas sem água potável.
O lixo está matando animais, causando enchentes, etc. Também é lamentável, como aquele fato da 'rejeição de albinos' pelos africanos q te mandei por email.
Só que ,quanto a isto tudo, sempre falei em minhas aulas, no prédio, no bairro, etc e há muito tempo. De lá para cá, SÓ AUMENTAM OS NÚMEROS, mas o que faz a ONU? Só divulga. Na prática em tudo q se relaciona a este assunto, Só fazem mesmo biólogos, professores e voluntários.
Como te disse é urgente e necessário, representantes na ONU, que não fiquem só na teoria, divulgando estatísticas na Mídia.Muita luz para as pessoas que lá estão e muita solidariedade. A situação mundial é caótica e quando existem reuniões , 'os impérios' sempre conseguem o que querem. Tenho acompanhado bem de perto isso.
Vc tem que estar lá amiga!
Bjsssssss

Mariana Mauro comentou...

Fiquei impressionada com o vídeo!!
Mas feliz com a iniciativa do surfista e do biólogo!
O importante é lembrar, como bem disse no seu post, que temos que nos preocupar com a água todos os dias e não só em um.
Beijos!!

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

♥ Sueli,

Minha amiga, concordo plenamente com o que disse, principalmente a parte em que fala sobre a ONU.
Divulgar estas cenas e informações à população é importante sim, porém, órgãos de pêso como este e muitos outros, têm a obrigação de muito mais do que 'falar e divulgar', é necessário agir efetivamente, pois perde-se muito com reuniões, conferências mundiais, etc que normalmente tb acabam em "pizza", e enquanto isso o tempo passa e pouco é feito.
Mas quanto a isso Su, tenho a mesma visão de Einstein, quando dizia que a ONU somente iria 'funcionar' de verdade, quando fosse representada por líderes eleitos por nós, para defender os interesses de toda a humanidade.
Ihhh mas até lá.... rsrs


♥ Mari querida,

Sim, tb me fiquei chocada com as imagens e a quantidade de lixo jogada ao mar! Mostra o tamanho da falta de consciência do ser humano. É mesmo lamentável uma visão dessas, e fico imaginando o que deve ter submerso por esses oceanos e mares a fora.
Mas com certeza de que a atitude dos dois amigos, foi maravilhosa, consciente e digna de reconhecimento de todos nós.

Muito obrigada meninas pela presença.
beijinhos no ♥ direto do meu ♥

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ comentou...

♥ Jeana minha querida,

Valeu pelos comentários!!! Quase fica maior que o artigo heheheh.
Mas é verdade, e concordo tb que a conscientização sobre a água (assim como outros recursos), deve ser assunto tratado como urgente, e como a Mariana falou tb, não em um único dia, mas sim, em todos os demais do ano.
Muito obrigada pela presença sempre ativa minha amiga, e por teu apreço e carinho com o blog.

beijos em teu ♥ direto do meu ♥

Tia Bláh comentou...

Querida Lucy realmente é uma vergonha esse vídeo...o homem não pensa em nada, nem ninguém só no próprio umbigo...hoje, graças a Deus temos o líquido da vida mas e as gerações futuras?! Até quando a natureza vai suportar tamanha devastação em terra, água e ar?! Dói o coração tamanha irresponsabilidade de tantos, e o descaso de milhares...ótimo post, parabéns. Um cherim da tia.

Fico feliz e sou grata com a sua presença!
Compartilhe idéias, comente os artigos, dê sugestões e ajude o blog a crescer. Seu comentário é importante, seja bem vindo!
Leio e respondo por aqui.
Volte para ler, tá ♥ \o/ ♥ e recomende se gostar;)
Aqui todos deverão ser respeitados em suas diferenças.

Obs:
• Se seu comentário não tem relação com este post,
deixe-o no LIVRO DE VISITAS..
• Se preferir enviar um e-mail, visite a página de CONTATO..
• Siga, acompanhe, participe e fale comigo nas REDES SOCIAIS..

Os comentários deste blog são moderados. Mas é sempre um prazer recebê-lo aqui :)

•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Paz e Amor! Beijos no ♥ direto do meu ♥ •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤



Acompanhe Amor e Paz Sem Fronteiras ♥



Junte-se a nós por Amor e Paz ♥



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cidadão Planetário Online

My Ping in TotalPing.com

Contando as Visitas

Comentários Recentes

Licença

Cite sempre a fonte original, inclua o link e não retire os créditos. Todos somos dotados de infinita capacidade criadora. Crie, não copie. Exerça seu poder criador.

www.amorepazsemfronteiras.com

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
♥ Amor e Paz Sem Fronteiras ♥ by Lucy Ramos * sob uma Licença Creative Commons